Partir

“A Rússia é longe pra caramba.”

Esse era o único pensamento na cabeça dela naquele momento. Longe. Distante. Muito. Idéias desconexas indicando numa mesma direção: aquilo não podia ser bom. Como uma pessoa querida mudando-se para um país do outro lado do mundo podia ser bom? Um país conhecido pela corrupção, abuso sexual feminino, falta de liberdade de imprensa, máfia etc. Um país com uma cultura totalmente diferente, uma língua completamente bizarra, um tempo intolerantemente frio.

Não podia ser. Ela tinha que ter entendido errado. Rússia. Era muito longe. Era pra onde as pessoas diziam que iam quando estavam brincando – “Não, vou ali na Rússia”. Era a puta-que-o-pariu, pra ser bem sincera. E como é que podia ser bom ter sua melhor amiga de anos indo morar de repente num lugar assim? Como podia ser bom ela largar a família, os amigos, ela? Bem numa época perturbada – ela não tinha idéia do que estava acontecendo? Numa época daquelas. Época de mudanças. Ela trazia mais um medo.

Mas então lembrou-se de toda imagem que se tinha do Brasil no exterior, e de como sempre pegava-se percebendo quão distorcida aquela era. Porque São Paulo era uma cidade maravilhosa, a universidade era uma experiência única, violência era um problema com o qual se tinha que lidar e tudo aquilo valia a pena. Sentiu-se hipócrita e mesquinha.

Pensou em como odiava que tentassem controlar sua vida. Se tivesse a chance, gostaria que alguém se colocasse obstáculo? Com orgulho lembrou a prima querida, na longínqua Alemanha – lançara-se com cara e coragem e crescera como provavelmetne jamais cresceria, tivesse hesitado.

Por fim veio-lhe à mente o dito. “Quem ama tem que deixar partir.”

E, com lágrimas nos olhos e o coração na mão, ela deixou.

Anúncios

Sobre Lívia Furtado

Começou a estudar jornalismo e desenvolveu cada vez mais seu amor pelos livros. Começou a fazer reportagens, brincou de editar livros, foi parar na Flip e descobriu que, realmente, é a literatura seu grande amor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

1.

3.

4.

  • 14,095 já ouviram
%d blogueiros gostam disto: